Cover & Diagrams

resource preview
resource preview

Download and customize more than 500 business templates

Start here ⬇️

Go to dashboard to view and download stunning resources

Download

Sinopse

Como Fazer as Pessoas Gostarem de Você em 90 Segundos ou Menos ensina habilidades de comunicação face a face para unir rapidamente as pessoas. Explica como causar uma boa primeira impressão, iniciar uma conversa com quase qualquer pessoa, estabelecer uma conexão instantânea e construir melhores conexões pessoais e de negócios.

Todas as interações pessoais e relacionamentos de negócios são baseados em conexão. A chave para estabelecer uma conexão rápida é sincronizar comportamentos conversacionais. Isso é realizado imitando as expressões faciais e outras linguagens corporais de um parceiro de conversa, bem como o tom de voz. O autor ensina essas etapas para uma comunicação eficaz –

stars icon
5 questions and answers
info icon

One of the most innovative ideas presented in the book 'How to Make People Like You in 90 Seconds or Less' is the concept of establishing quick rapport through synchronizing conversational behaviors. This involves mimicking a conversation partner's facial expressions, body language, and voice tone. This approach is surprising as it suggests that effective communication and likability can be achieved not just through what we say, but also how we physically respond and mirror others during interactions.

The broader implications of using these communication techniques in business relationships include improved understanding and collaboration, increased trust and rapport, and enhanced business outcomes. By mimicking a conversation partner's facial expressions, body language, and voice tone, individuals can establish quick rapport and build stronger connections. This can lead to more effective negotiations, problem-solving, and decision-making processes. It can also foster a more positive and productive work environment.

Mimicking a conversation partner's facial expressions and body language is a technique often used to establish rapport. It involves subtly mirroring the other person's physical behaviors to create a sense of familiarity and understanding. This can include matching their facial expressions, gestures, posture, and even their voice tone. It's important to do this subtly and naturally, as overt mimicking can come across as mocking or insincere. This technique can help to build a stronger connection and facilitate more effective communication.

View all 5 questions
stars icon Ask follow up
  • Conhecer os desejos, necessidades e objetivos
  • Descobrir o que está sendo entregue
  • Mudar e melhorar práticas para alcançar os resultados desejados

O livro é dividido em três partes discutindo como construir uma conexão –

  • Primeiro contato
  • Ações falam mais alto que palavras
  • Pessoas gostam de pessoas como elas

Ele também explica três segredos para uma boa comunicação –

  • Use a escuta ativa
  • Perguntas são a resposta
  • Escolha o melhor canal sensorial para cada parceiro

O livro também contém vários exercícios de interpretação de papéis projetados para dois parceiros, além de autoavaliações e diálogos de exemplo.

Download and customize more than 500 business templates

Start here ⬇️

Go to dashboard to view and download stunning resources

Download

Resumo

Como sugerido pelo título, Como Fazer as Pessoas Gostarem de Você em 90 Segundos ou Menos se baseia em um tema de autoajuda popularizado por Dale Carnegie em seu guia clássico Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas. Foi publicado pela primeira vez em 2000 e foi atualizado várias vezes desde então.

O autor Nicholas Boothman é um Mestre Praticante licenciado em Programação Neuro-Linguística (PNL). Ele desenvolveu essas práticas enquanto trabalhava como fotógrafo profissional, porque precisava de uma maneira de ganhar rapidamente a confiança e criar vínculo com seus clientes.

As etapas para uma comunicação eficaz

  • Conhecer os desejos, necessidades e objetivos
  • Descobrir o que está sendo entregue
  • Mudar e melhorar práticas para alcançar os resultados desejados

Conhecer os desejos, necessidades e objetivos

O primeiro passo é declarar um objetivo ou necessidade específica e mantê-lo positivo. Além de distinguir entre desejos e necessidades, a comunicação eficaz está focada em alcançar objetivos específicos. Os objetivos podem ser pessoais ou de negócios, os métodos de comunicação permanecem os mesmos para ambos.

stars icon Ask follow up

Para ilustrar este princípio, o autor fala sobre o Coronel Sanders, o famoso ícone do Kentucky Fried Chicken.O autor explica como o Coronel Sanders expandiu sua rede de restaurantes para a enorme empresa KFC de hoje, baseado em saber exatamente o que ele queria. O Coronel conhecia o sabor e a apresentação corretos que melhor comercializariam seu frango.

stars icon
1 questions and answers
info icon

Your question seems to be unrelated to the content provided, which is about making a good first impression and building better business and personal connections. The content does not provide any specific information about chiropractic patients. Therefore, I would suggest you to ask a question that is more relevant to the content.

stars icon Ask follow up

Descubra o que está sendo entregue

O segundo passo é analisar a situação atual para aprender exatamente o que está sendo entregue e como isso se compara com desejos e necessidades. É importante receber muitos feedbacks externos e entender as diferenças entre o que é desejado e o que é entregue.

Como o autor aponta, o Coronel Sanders teve sucesso porque monitorava de perto o que estava sendo entregue. Ele controlava a qualidade do produto entregue aos seus clientes, bem como a qualidade dos alimentos crus fornecidos aos seus restaurantes. Isso significava menos espaço para erros.

Mude e melhore as práticas para alcançar os resultados desejados

O próximo passo é mudar as práticas de comunicação lentamente, mas com certeza. Com base no feedback, continue mudando as práticas até que os resultados desejados sejam alcançados. Finalmente, siga com um plano para melhoria constante. O Kentucky Fried Chicken de uma pequena cidade cresceu e se tornou o gigante corporativo global KFC por causa de uma cultura de mudança constante e melhoria através do feedback de clientes e funcionários. Para lembrar e reforçar este princípio, o autor recomenda dizer o acrônimo "KFC" em voz alta várias vezes ao dia.

stars icon
5 questions and answers
info icon

A small business can use the key topics covered in 'How to Make People Like You in 90 Seconds or Less' to grow by implementing effective communication practices. This includes making a good first impression, starting conversations with almost anyone, establishing instant rapport, and building better business and personal connections. These skills can help in attracting and retaining customers, as well as fostering a positive work environment that encourages employee productivity and loyalty. Furthermore, the business can adopt a culture of constant change and improvement based on customer and employee feedback, similar to the approach taken by KFC.

The book 'How to Make People Like You in 90 Seconds or Less' challenges existing paradigms in the field of communication by advocating for rapid bonding and instant rapport. It suggests that effective communication is not just about long-term relationship building, but also about making a strong, positive first impression. It also emphasizes the importance of adaptability and constant improvement in communication practices, much like the culture of constant change and improvement seen in successful businesses like KFC.

Companies might face several obstacles when trying to implement the communication practices suggested in the book. These could include resistance to change, lack of understanding of the new practices, and difficulty in measuring the effectiveness of the new practices. To overcome these obstacles, companies could provide training and education about the new practices, encourage feedback and open communication, and establish clear metrics to measure the effectiveness of the new practices.

View all 5 questions
stars icon Ask follow up

Primeiro contato

O primeiro encontro cara a cara entre dois estranhos é o momento crucial para estabelecer uma conexão. Devido ao instinto de "lutar ou fugir", as pessoas fazem julgamentos sobre se confiam em alguém - ou não - nos primeiros minutos de qualquer encontro cara a cara. Os primeiros 90 segundos são extremamente importantes, e uma primeira impressão é difícil de superar.

stars icon
5 questions and answers
info icon

The 'fight or flight' instinct plays a significant role in face-to-face encounters as presented in the book. It suggests that when two people meet for the first time, their primal instincts kick in, leading them to quickly judge whether the other person is a friend or a foe. This instinctive response happens within the first couple of minutes, often within the first 90 seconds. This is why first impressions are so critical. If a person perceives the other as a threat (flight), it can be challenging to build trust and rapport later. Conversely, if a person perceives the other as friendly (fight to establish a connection), it sets a positive tone for the relationship.

The book 'How to Make People Like You in 90 Seconds or Less' has significantly influenced corporate strategies by emphasizing the importance of making a strong first impression and establishing instant rapport in business interactions. It has guided businesses to focus on face-to-face communication skills, which are crucial in building business connections. The book's principles have been incorporated into training programs, enhancing interpersonal skills of employees, and fostering a culture of trust and openness. However, the specific influence on corporate strategies can vary depending on the company's interpretation and application of the book's concepts.

The concept of 'synchronizing conversational behaviors' is not explicitly mentioned in the provided content. However, it generally refers to the practice of aligning one's own verbal and non-verbal communication patterns with those of the person they are conversing with. This can include mirroring body language, matching tone and pace of speech, and using similar language. This practice can help establish rapport and trust, making the conversation more effective and enjoyable for both parties.

View all 5 questions
stars icon Ask follow up

Ações falam mais alto que palavras

A linguagem corporal fala mais alto que as palavras. É importante garantir que a linguagem corporal do ouvinte apoie a mensagem verbal em vez de contradizê-la.

O autor explica que o "rapport por design" pode ser criado por qualquer pessoa, com prática. Como exemplo, ele conta a história de um jovem que participou de um jantar com muitas outras pessoas solteiras. Ele estava entediado e estava sentado sozinho quando ouviu uma bela mulher dizer a alguém que ela era uma ávida jogadora online.

stars icon
5 questions and answers
info icon

The concept of 'rapport by design' challenges traditional ideas about conversation and connection by suggesting that rapport, or a close and harmonious relationship in which the people or groups concerned understand each other's feelings or ideas and communicate well, can be intentionally created rather than occurring naturally or spontaneously. This concept implies that with certain skills and practice, anyone can establish a meaningful connection with others, regardless of their backgrounds or interests. It shifts the focus from passive to active creation of connections, emphasizing the role of individual effort and strategy in building relationships.

Establishing 'rapport by design' can present several challenges. First, it requires a good understanding of human behavior and communication skills, which not everyone naturally possesses. Second, it can be difficult to maintain authenticity while trying to build rapport intentionally. People may perceive your efforts as manipulative or insincere. Third, it requires adaptability as different people respond to different approaches. Lastly, it can be time-consuming as building genuine rapport often takes time and patience.

Yes, the techniques for establishing quick rapport can be applied to both personal and business connections. The key is to understand the other person's interests and needs, and to communicate effectively and authentically. This can help build trust and mutual understanding, which are crucial for any kind of relationship.

View all 5 questions
stars icon Ask follow up

Seu parceiro de conversa original não estava interessado nesse tópico, então o jovem rapidamente a cumprimentou e começou a construir rapport com uma linguagem corporal habilidosa. Ele sorria frequentemente, mantinha seu corpo inclinado em direção a ela e imitava cada um de seus movimentos corporais. Quando ela tomava um gole de sua bebida, em alguns segundos ele tomava um gole da dele.

stars icon
5 questions and answers
info icon

Yes, there are numerous examples of individuals who have successfully implemented the practices of building rapport with skillful body language as outlined in the book. However, the book itself does not provide specific names or case studies. The practices include mirroring body language, maintaining eye contact, and using open body language to show interest and engagement. These techniques are widely used in various fields such as sales, customer service, and leadership roles.

Companies in traditional sectors like manufacturing or retail can apply the face-to-face communication skills discussed in the book in several ways. Firstly, they can use these skills to build better relationships with their customers. By making a good first impression and establishing instant rapport, they can increase customer loyalty and satisfaction. Secondly, these skills can be used internally to improve communication and collaboration among team members. This can lead to a more productive and harmonious work environment. Lastly, these skills can be used in negotiations with suppliers or other business partners to achieve more favorable outcomes.

The book 'How to Make People Like You in 90 Seconds or Less' has influenced corporate strategies and business models by emphasizing the importance of effective communication and rapport building. It has led to a shift in focus towards improving interpersonal skills within the corporate environment. Companies now invest in training their employees in these skills to improve customer relations, team collaboration, and overall business performance. The book's principles have also been incorporated into sales strategies, where making a good first impression and quickly establishing rapport can lead to increased sales and customer loyalty.

View all 5 questions
stars icon Ask follow up

Como eles compartilhavam interesses mútuos, a conversa foi fácil.O ponto do autor é que mesmo quando as pessoas são tímidas, elas podem se tornar bem-sucedidas praticando uma melhor linguagem corporal.

As pessoas gostam de pessoas como elas mesmas

Como um traço de sobrevivência evolutiva, as pessoas tendem a confiar em outras que se parecem e agem como elas. Combinando a linguagem corporal e as palavras apropriadas, as pessoas podem criar uma conexão instantânea e forte com seus interlocutores.

Três segredos para uma boa comunicação

Escuta ativa

Como disse o filósofo grego Epicteto, "Temos dois ouvidos e uma boca para que possamos ouvir duas vezes mais do que falamos."

A escuta ativa estabelece uma forte ligação entre os interlocutores. Um ouvinte ativo usa ferramentas como linguagem corporal eficaz e técnicas de questionamento para criar um rapport pessoal. O ouvinte deve esperar pacientemente enquanto as outras pessoas falam, observando a linguagem corporal e ouvindo atentamente o que elas dizem e como elas dizem. Essas práticas dão aos ouvintes bastante tempo para pensar sobre por que os falantes escolheram palavras e tons específicos.

stars icon Ask follow up

Perguntas são a resposta

As perguntas são ferramentas poderosas para se conectar com as pessoas. Um bom questionamento ajuda os ouvintes a aprender rapidamente e formar conexões fortes com os interlocutores. Um questionador habilidoso pode levar as pessoas a explorar territórios desconhecidos e fazer compromissos inesperados. O autor descreve como as perguntas certas constroem rapport. Ele explica como usar o poder de dois tipos de perguntas: abertas e fechadas.

stars icon Ask follow up

Perguntas abertas são aquelas que não podem ser respondidas com um simples "sim ou não". As perguntas abertas são às vezes chamadas de "perguntas direcionadoras" porque provocam o pensamento. Este tipo de pergunta permite que um interlocutor revele informações sensíveis. Elas podem ser usadas para iniciar uma conversa inicial, ou conduzir alguém a um entendimento mais claro de questões e possíveis soluções, sem pressão. Exemplos de perguntas abertas:

stars icon Ask follow up
  • "O que você acha da empresa XYZ?
  • "Quais são as prioridades desta semana?"

Perguntas fechadas são aquelas que podem ser respondidas com um simples "sim" ou "não" sem mais explicações. Este tipo de pergunta ajuda a refocar um interlocutor, e pode ser usado para impedir que uma conversa prossiga por um determinado caminho.

O melhor momento para interpor uma pergunta fechada é durante uma pausa natural ou lull na conversa, enquanto o parceiro está refletindo ou respirando. Evite usá-las de maneira confrontadora.Exemplos de perguntas fechadas:

  • "Você trabalha com a empresa XYZ?"
  • "O cliente está feliz?"

Uma mistura equilibrada de perguntas abertas e fechadas ajuda os interlocutores a construir rapport, permitindo bastante espaço e tempo para reflexão.

Canais sensoriais

Em cada situação cara a cara, é importante comunicar-se com os interlocutores através de seus canais de comunicação ótimos. O conceito de programação neuro-linguística do autor é baseado na ideia de que cada pessoa pode ser categorizada em um dos três estilos de aprendizagem distintos ou canais sensoriais:

stars icon Ask follow up
  • Visual
  • Cinestésico
  • Auditivo

A maioria das pessoas consegue processar informações visuais mais facilmente do que dados cinestésicos (ou táteis). Uma pequena minoria responde melhor ao input auditivo. Um bom ouvinte e observador pode se tornar habilidoso em determinar o canal sensorial preferido de um falante a partir de palavras e movimentos oculares. Uma vez que um observador pode detectar e se conectar com o canal sensorial ótimo de um interlocutor, ele pode facilmente estabelecer rapport.

stars icon Ask follow up

Download and customize more than 500 business templates

Start here ⬇️

Go to dashboard to view and download stunning resources

Download